Produtos da primeira necessidade sofrem agravamento de preços em Moçambique

Na medida que a pandemia de covid-19 tem diariamente tido a tendência de aumentar os números  de casos positivos de covid-19 em Moçambique.

Os vendedores formais e informais também tem tido a mesma tendência de aumentar os preços dos produtos da primeira necessidade. e assim sufocando deste modo  os bolsos dos Moçambicanos.
Os vendedores alegam a falta de estoques nos mercados por isso devido esta falta de estoques eles a cambão optando por aumentar os preços dos produtos.

Preços estes que a inspecção nacional de actividades económica (INAE) por sua vez não aprová e diz que os vendedores informais e formais estão a fazer especulações de preços para tirarem proveito da situação que o mundo vive  pelo novo vírus de  covid-19 para aumentar de forma fraudulenta os preços dos produtos.

E porque especulação de preços é crime em Moçambique  a INAE diz que medidas  serão tomadas para parar de uma vez por tudo com esta situação de especulações

Publicar um comentário

0 Comentários