Presidente da Tanzânia suspende uso de material de teste de coronavirus

A situação de coronavirus na Tanzânia corre o risco de piorar, após o presidente John Magufuli ter ordenado a suspensão de uso de material de teste importado, sob alegação do mesmo ter sido deliberadamente sabotado.

Segundo o presidente Magufuli,os quites de testes importados já foram usados para colher a mostras de cabritos, ovelhas e papaia que deram positivo e os mesmos têm sido usados para testar tanzanianos, dando resultados errados.
Já passam cinco dias que Tanzânia não tem dado actualizações sobre casos da covid-19, depois de Magufuli ter a cusadoo ministério de saúde de criar pânico na sociedade com seus relatórios.

A última acusação aconteceu na quarta-feira divido a 480 infectados e 17 óbitos mesmos com este número, Magufuli recusou-se a tomar medidas drásticas de prevenção, tendo apelado para as pessoas a continuar a trabalhar e orar pelo fim do vírus nas igrejas e mesquitas.
O principal partido da oposição apelou este fim de semana à suspensão do parlamento por 21 dias, após amorte de três deputados cuja  a causa não foi revelado.

Publicar um comentário

0 Comentários